Envelopamento Automotivo

É uma técnica contemporânea de caracterização da pintura de um automóvel, sem sobrepor a pintura original. Trata-se da aplicação de um adesivo com propriedades de aderência, foscalização ou cores sobre a pintura original.

Adesivamento como substituição a pintura

Os adesivos tornaram-se uma alternativa para pintura de automóvel, primeiramente com o uso das publicidades e propagandas, onde o carro é adesivado com o emblema do anúncio. Ou como propósito de pintura, mas sem descaracterizar a pintura original. Uma das principais vantagens, é o valor, cerca de 50% mais barato que uma pintura definitiva. uma envelopagem com adesivo, custa cerca de R$ 1,3 mil a R$ 3 mil e sua durabilidade pode chegar a 5 anos, a retirada também é feita por especialistas e custa cerca de R$ 800 a R$ 3000.

Segundo lojistas, aproximadamente 50% dos clientes adesivam o carro por completo (com preto fosco, branco brilhante ou branco fosco); 40% envelopam apenas o teto (normalmente utilizam a cor preta); e 10% aplicam o revestimento em poucas partes do carro, como capô ou retrovisores.

Existe também uma nova técnica denominada envelopamento líquido, onde é possível aplicar o adesivo através de uma tinta especial, com acabamentos do tipo metálico, fosco ou brilhante tipo pérolização

 Legalidade

Segundo o Conselho Nacional de Trânsito, se a cor do carro for alterada através de pintura ou adesivamento em área superior a 50% do veículo, é necessário registrar a mudança no documento do veículo. Para isso, é preciso ter autorização do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Rodar com carro alterado sem a documentação necessária acarreta em multa de R$ 127,69 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

Deixe uma resposta